9 de dez de 2008

Andando na lua


No Johnson Space Center, em Houston (EUA), já estão sendo testados os veículos que transportarão os astronautas na próxima missão de exploração lunar, que deve acontecer em 2020.
Interessante notícia!!!
Vejamos os fatos:
1) Mais de uma década para testar e desenvolver um carro lunar.
2) Retorno à lua somente em 2020.

Não sei para quê tanto gasto em dinheiro e tanto tempo se, de acordo com o governo americano, já fomos à lua. E pelas imagens, foi tão fácil ir à lua na década de 60.
Passeavamos saltitantes pelo solo lunar e davamos "rolê" de jipe, sem qualquer complicação.


Hoje tenho uma opinião bem diferente da que tinha quando criança, sobre a chegada do homem à lua. E passei a entender, porque os astronautas, ficavam loucos, doentes, reclusos ou viravam pastores de igreja.


Olhe essa foto:

É o pessoal da Apollo 16 dando um "oizinho" para nós leitores!

Em tempo: Durante as comemorações dos 40 anos da chegado do homem à lua, a NASA informou que "perdeu" as gravações originais e por este motivo, restaurou as imagens capturadas pelas redes de TV!

Em tempo 2: Em matéria de Paula Rothman, publicada na "INFO Online" de hoje, sexta-feira, 28 de agosto de 2009 às 16h39, e intitulada "Quem falsificou a pedra lunar da Holanda?" É revelado que a pedra lunar, presenteada pela NASA, pelos astronautas da Apolo 11, ao governo Holandês em 1969, e atualmente exposta no "Museu Nacional Rijksmuseum" trata-se na verdade de um pedaço de madeira petrificada.
Confira no link: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/quem-falsificou-a-pedra-lunar-da-holanda-28082009-32.shl