31 de out de 2008

Enxugar rosto com ar quente


Surgem cada idéia para hoje em dia rotuladas de "ecológicas"!!!
Tomei consciência de uma dessas invenções e suas questionáveis utilidades quando estava em um posto de estrada e fui no banheiro. Após laver minhas mãos e rosto, viro para o lado a procura das tolhas de papel e ...
Não encontro uma, sequer!!
No fundo do corredor, encontro preso à parede, um secador térmico.
Caminhei até lá, estiquei minhas mãos debaixo do trambolho, e me imaginei uma anta, caso dobra-se meu corpo para por minha cabeça debaixo do secador para poder secar meu rosto.
Já recebi "spam" de pessoas que alegam que sofreram queimaduras, e outras que alegam que sofreram choques, não sei até que ponto isso é verdade, mas, qualquer coisa que use uma resistência elétrica semi exposta, me assusta.

Vejam o anúncio de um fabricante de secadores de mãos:
E entre parentêses, obviamente, minhas dúvidas.


PORQUE ADERIR AO SECADOR DE MÃOS

- Aprox. 93% mais econômicos que o papel toalha
(energia elétrica é grátis?)

- Evita o desmatamento
(o metal do secador é reciclado?)

- Evita o custo de compra, armazenagem, reposição e limpeza do papel
(ok quanto aos outros itens, só não entendi essa tal de limpeza do papel, tomara que só o de rosto estejam limpando)

- Mantém o local limpo preservando a imagem da empresa
(eu nem sabia que além de secar ele também aspirava e desinfetava o banheiro!)

- Evita entupimentos causados pelo papel toalha
(humhum! Mas, acha que vândalo não vai jogar água no secador pra ver ele explodir?)

- Funcionamento automático através de sensor
(só funciona direito na fase de testes, na fábrica)

- Simples instalação
(verdade! Todo banheiro tem uma tomada sobrando nas paredes.)