19 de mar de 2008

Na loja de automóveis - II


Marido esquece da situação da semana anterior e faz nova tentativa!
Vão a outra concessionária e a atendente corre em selecionar uma vendedora para o casal.
HéHé!
Após as apresentações de praxe, mais uma vez, o homem informa que estão na loja para escolher o veículo da esposa.
Quando a vendedora ainda está escolhendo qual veículo demonstrar, a cliente já informa que pretende trocar de veículo.
Então, a vendedora escolhe o modelo mais barato para demonstrar.
Mexe daqui, mexi dali, comentários entre o casal sobre o veículo...
A vendedora atenta a tudo, convida para conversarem sobre as condições de pagamento.
Sentam envolta de uma mesa, falam das opções, dos valores etc.
A cliente informa que a compra depende de um dinheiro que está para sair, e que já tentou comprar antes um veículo na mesma concessionária, mas, o dinheiro, na época, não foi suficiente.
Informa a previsão para o recebimento do dinheiro e a vendedora agenda para futuro contato com a cliente.
A vendedora convida o casal para tomarem um capuccino ou um espresso e todos se dirigem para a sala de café.
Lá a cliente começa a confessar que não tem dinheiro, que o marido é vendedor e a firma não dá carro pra ele trabalhar, que ele usa o único carro da família para trabalhar. Que tiveram que vender uma moto, mas logo logo ela compra outra pra ele (nem foi ela quem pagou as anteriores).
A vendedora, "comovida" com a cena, pede licença para falar algo importante com o diretor da loja que acaba de chegar e abandona o casal no café.
O marido tenta explicar em vão, para a esposa o motivo do gentil abandono.
Ele, com certeza, não pretende mais voltar na loja. Já a esposa???