16 de mai de 2014

Canção do Brasil


(Letra original: Canção da América - Milton Nascimento)
(Sacanagem com a letra: Márcio Eiras)


Cartão de amigo é coisa para se esquecer
Debaixo de sete folhas
Dentro do gavetão
Assim falava a canção que no Brasil ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo curtir (o perfil do concorrente)

Mas quem ficou, no pensamento se irritou
Com orçamento que com o outro ele fechou
E quem comprou, nem no pensamento ficou
A lembrança que o cartão o outro lhe entregou

Cartão de Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do porta treco
Mesmo que o tempo e a distância digam "quem?"
Mesmo esquecendo a feição
O que importa é ouvir
A voz que vem do bolsão

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, "muy amigo", eu vou
Me Vingar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se "acertar"