19/08/2013

Mundo Real x Mundo Imaginário 5 - Hot Pocket Extreme Cheddar


Sexta feira, tarde da noite, bate aquela fominha!
Um pulo no supermercado e compro o Hot Pocket Extreme Cheddar, já que o normalzinho não deveria matar a fome e a embalagem deste EXTREME faz pensar que este sim, é matador.

Chegando em casa é aquele sofrimento para ler as instruções, pois, as letras são minúsculas (devem imaginar que só os jovens compram esta por...).
A instrução diz, programe o micro-ondas para o tempo entre 1 minuto e 10 segundos e 1 minuto e 20 segundos.
Tempo programado em 1 minuto e 15 segundos (uma vã tentativa de acertar o tempo).
O microondas apita. Retiro com cuidado... embalagem fervendo, lanche com bordas bem quentes e no centro, um gelo! (caldo & freddo, no mesmo lanche?)

Ops!!!!
Cadê o lanche?


Isso é um EXTREME? Cadê todo aquele glamour representado na imagem da embalagem?

Só então me lembro que EXTREME não significa, somente,  excesso, exagero, no sentido de enorme...
Pode ser exagero de pequeno ou, último a ser comido (aquela promessa de nunca mais comprar esta bomba, novamente).

Para piorar, quando fui procurar o lanche na internet para fazer esta matéria, descobri que a versão EXTREME CHEDDAR, sequer consta do catálogo de produtos Sadia.

Acho que comi um lanche pirata!