13 de mai de 2013

Dia Magazine - O dia de você cair no papo


A abordagem
Um mailing, 
uma logo que lembra uma outra empresa
e preços espetáculares!

Tudo o que uma empresa precisa para mover dedos ávidos pela oportunidade de digitar números de cartões de crédito em formulários de compra.

Os produtos?
"Smartphone S3 I9300" por R$ 69,90
Celular Motokey EX115 Dual Chip por R$ 49,90
"Smartphone" Hiphone 4S por R$ 59,90
"Smartphone" Ferrari i867 por R$ 89,90


No email, existem muitas outras ofertas, dos mais veriados tipos e um clique te leva ao site repleto de "Super Oportunidades"
De geladeiras à Shakes para emagrecimento... os produtos que mais capturam vítimas na internet estão, agora reunidos em um unico site.

Obs.: Anúncios de produtos "legítimos" com preços compatíveis, estão distribuidos entre os anúncios "espetaculares".


As referências
Um Sansung Galaxy SIII legítimo, custa em torno de R$ 1.600,00.
Só o display Touchscreen do Sansung Galaxy SIII legítimo, para troca (se quebrar), custa R$ 719,00.
Um carregador Sansung Galaxy SIII legítimo custa R$ 60,00.
Um xing ling modelo "S3 I9300", custa em torno de R$ 150,00.
Um Motokey EX115 Duas Chip desbloqueado Motorola custa em torno de R$ 250,00 (saiu de linha).
Um Iphone 4S Custa R$ 1.597,44.
Um Motorola Ferrari i867 (que é para uso com no serviço NEXTEL) custa R$ 900,00.
Só a carcaça (parte plástica do celular) do Motorola Ferrari i867  é vendida para oficinas de conserto por R$ 100,00.



Onde mora o perigo?
domínio: diamagazine.com.br
entidade: Agitecnica Eletronica Ltda
documento: 004.748.871/0001-49
responsável: Maria Elza de Jesus Souza

Este é o cadastro do site junto ao orgão REGITRO.br, que é quem regulamenta os registros de sites no Brasil.
Este CNPJ também é proprietários dos domínios
domínio: agitecnica.com.br (redireciona para o Diamagazine)
domínio: celulardigital.com.br (leva a outro site de vendas tambem suspeito pela forma que vende)
domínio: diamagasine.com.br (devem ter registrado errado e perceberam o erro do s)

O site www.diamagazine.com.br desde 28/08/2012 tem 1734 reclamações no site www.reclameaqui.com.br
Destes somente 60 foram respondidas e, as respostas foram apenas protelatórias (enrolatórias).
O site www.diamazazine foi classificado peo site RECLAME AQUI como
um site Não recomendado
As reclamações mais recentes indicam que a empresa não entrega os produtos.

Sinais que indicam que é Arapuca
Obs.: O cadeado de segurança está presente no momento de digitar os dados pessoais, mas, isto só garante que os dados não podeão ser interceptados no momento do cadastramento.
Não garantem a entrega, nem a qualidade dos produtos.
Nenhum link no rodapé do site funciona.
Todos os links levam de volta para a home page, ou seja,não existem,textos e compromissos da empresa.
Sequer, sobre o prazo de entrega ou sobre a segurança do meio de pagamento!!!!
Links furados:
Institucional
Nossa Empresa
Privacidade e Segurança
Seja nosso Fornecedor
Trabalhe Conosco
Tire suas dúvidas
Trocas e Devoluções
Confirmar Pagamento
Prazos e Formas de Envio
Receba Promoções


Para ir atrás
Estes são os dados que encontramos para a empresa Agitecnica
AGITECNICA ELETRONICA LTDA.
cnpj 04.748.871/0001-49
end. est do campo limpo, 2872 sala1.
cep 05777-000 São Paulo, SP.
sócios:
GUILHERME ACACIO MOREIRA DOS SANTOS, NACIONALIDADE BRASILEIRA, CPF: 429.640.558-66, RG/RNE: 482579389 - SP, RESIDENTE À AV.
TOMAS DE SOUSA, 273, JD. SAO LUIS, SAO PAULO - SP, CEP 05836-350, NA SITUAÇÃO DE SÓCIO. COM VALOR DE PARTICIPAÇÃO NA.
SOCIEDADE DE $ 50,00.
MAYARA APARECIDA GARCIA, NACIONALIDADE BRASILEIRA, CPF: 396.041.828-03, RG/RNE: 481760805 - SP, RESIDENTE À AV. TOMAS DE
SOUSA, 273, JD. SAO LUIS, SAO PAULO - SP, CEP 05836-350, NA SITUAÇÃO DE SÓCIO E ADMINISTRADOR, ASSINANDO PELA EMPRESA. COM
VALOR DE PARTICIPAÇÃO NA SOCIEDADE DE $ 4.950,00.
fonte: JUCESP

Opções
1) Comprar sabendo que vai dar m****.
2) Juntar mais grana e comprar um produto de modelo mais simples, porém, legítimo.
3) Tentar correr atrás do prejuízo (porque já comprou e não recebeu o produto ou o produto não era o esperado).
4) Ajudar a divulgar esta matéria, compartilhando no facebook, e em todos os outros lugares para que outras pessoas não venham a cair neste golpe.

Onde reclamar
PROCON mais próximo ou pelo site http://www.procon.sp.gov.br/atendimento_texto.asp
Delegacia de polícia (sim, vender pela internet e não entregar é crime)
Sites como Reclameaqui e outros (para queimar o nome da loja e evitar novos golpes)



Nota: 
Começou a valer no dia 14 de maio de 2013 Decreto Federal nº 7962/13, que aumenta as exigências e o controle sobre o comércio eletrônico no País.

Portanto, antes de comprar em uma loja online, verifique se ela atende as novas regra:
Informações com destaque
Os sites de e-commerce agora devem exibir, “em local de destaque e de fácil visualização”, as seguintes informações:
  • Nome empresarial e número de inscrição do fornecedor no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ);
  • Endereço físico e eletrônico, e demais informações necessárias para sua localização e contato;
  • Características essenciais do produto ou do serviço, incluídos os riscos à saúde e à segurança dos consumidores;
  • Discriminação, no preço, de despesas adicionais ou acessórias, como frete ou seguro;
  • Condições integrais da oferta, incluídas modalidades de pagamento, disponibilidade, forma e prazo da execução do serviço ou da entrega do produto; e
  • Informações claras e ostensivas a respeito de quaisquer restrições da oferta.
Sites de Compras Coletivas devem informar também:
  • Quantidade mínima de consumidores para a efetivação do contrato;
  • Prazo para utilização da oferta e identificação do fornecedor responsável pelo site e do fornecedor do produto ou serviço ofertado
Atendimento facilitado (estas também são obrigações das lojas onlines e grupos e compras coletivas) a inexistência destas características/serviços pode indicar que a loja tem intenção de fraudar os clientes.)

  • Apresentar sumário do contrato antes da contratação, enfatizando cláusulas que limitem direitos;
  • Confirmar imediatamente o recebimento da aceitação da oferta;
  • Oferecer o contrato ao consumidor em meio que permita “conservação e reprodução” do contrato, imediatamente após a contratação;
  • Manter serviço “adequado e eficaz” de atendimento em meio eletrônico, que possibilite ao consumidor a resolução de demandas referentes a informação, dúvida, reclamação, suspensão ou cancelamento do contrato;
  • Utilizar mecanismos de segurança eficazes para pagamento e para tratamento de dados do consumidor.
  • A lei também prevê que o consumidor deverá ter alguma resposta em até cinco dias.
Arrependimento
Os sites de e-commerce agora também estão obrigados a informar, “de forma clara e ostensiva”, os meios para que o comprador possa se arrepender da compra.
  • O consumidor poderá exercer seu direito de arrependimento pela mesma ferramenta utilizada para a contratação, “sem prejuízo de outros meios”;
  • O arrependimento implica a rescisão dos contratos, sem qualquer ônus para o consumidor.
Eis as obrigações do fornecedor/loja online
  • A desistência deverá ser comunicada imediatamente pelo fornecedor à instituição financeira ou à administradora do cartão de crédito, para que a transação não seja lançada na fatura do consumidor; ou seja feito o estorno do valor.
  • O fornecedor deve enviar ao consumidor confirmação imediata do recebimento da manifestação de arrependimento.

ATUALIZAÇÃO:
Depois de nossa denúncia e inumeros prejuizos, a "DIA Magazine" publicou um aviso, para ganhar tempo.
Informando que está em reformulação.

Obviamente, o SAC não responde...

Segundo informações a reformulação está, realmente, ocorrendo mas trata-se da abertura de outro domínio e loja para prosseguir com as vendas furadas.

De acordo com levantamentos efetuados pelo pessoal da página  Dia Magazine Loja de ladrões
Estes são as lojas online fraudulentas do grupo.

O novíssimo site do grupo é o


Faça como os Escoteiros: Fique Sempre Alerta!!!!
Não compre bits por lebre!


NOTA: 06/09/2013 - o juiz Guilherme Madeira Dezem, da 44ª Vara Cível do Fórum Central de São Paulo. Suspendeu o site Dia Magazine, pertencente à Agitécnica, a pedido da Proteste, e também todos os demais domínios dos mesmos donos. Com isso impediu que continuem lesando clientes em outros sites de vendas. E também bloqueou as contas bancárias para que os milhares de prejudicados (mais de 7 mil registros só no Reclame Aqui) que forem atrás de seus direitos sejam ressarcidos.