24 de ago de 2010

Créditos Problemáticos

Cada "Real" que o banco empresta além do seu capital, é dinheiro que o banco deve e, portanto, seus dirigentes têm as mais sérias obrigações perante seus depositantes e acionistas de manter os Ativos constantemente sob controle. Porém a atividade de emprestar envolve inúmeros riscos que na medida do possível teriam que ser previstos, caso contrário poderiam haver problemas quanto ao retorno do dinheiro emprestado. O que fazer?
Devem cobrar estes clientes e recuperar o dinheiro do banco. Da mesma forma que adotam medidas específicas para emprestar, o banco possui processos e normas específicas para cobrar os créditos problemáticos.
O sucesso de qualquer operação de crédito é observado quando o dinheiro emprestado retorna ao banco, ou melhor, o cliente restitui o principal e paga os encargos decorrentes do período pelo qual tomou os recursos, no prazo estabelecido (o que rentabiliza a operação).