23 de out de 2009

Recall FIAT Palio 30 Anos

Em casa éramos apaixonados pela FIAT.
Moravamos em Araraquara, interior de São Paulo.
O primeiro FIAT a entrar em nossa casa foi um 147, comprado "Zero Km" pelo meu pai.
Depois vieram outros 147, panorama e meu sonho de comprar um Oggi (que não se realizou).
Em seguida começamos a ter UNOS, e após eu concluir minha faculdade, tirei meu primeiro "Zero Km" por consórcio. Éra um UNO EP 4 portas, lindo, com um azul incrível, cor de lançamento naquele ano de 95.
Enquanto isso, a história da minha futura esposa, acontecia com outros FIATs.
O primeiro veículo "Zero Km" que ela comprou foi um UNO em sociedade com seu pai.
Posteriormente, comprou um Palio chumbo, depois um SIENA (que deu problemas de motor), depois outro SIENA, todos adquiridos "Zero Km" e sempre comprados "À vista".
Veja as fotos e comprove que em nossa casa a FIAT éra a marca preferida. E chegamos a ter 6 veículos da marca.






A última aquisição da minha esposa, foi um Palio ELX, do modelo comemorativo dos 30 anos da FIAT no Brasil (o verdinho metálico que está parcialmente em uma das fotos acima) e ai sim as dores de cabeça se tornaram insuportáveis.
Logo na primeira semana, ao levantar o assento do banco traseiro e apoiar no encosto do banco dianteiro, para transportar uma carga, o encosto do banco dianteiro, rasgou (erro de projeto! já que o manual indica o uso da forma que relatei)
Depois começou a aparecer uma luz de alerta (o tanque de gasolina da partida à frio) no painel do veículo, que em várias "visitas" à assistência técnica não foi detectada a causa.
Até que começou a ser percebido o vazamento de gasolina do tanque em questão.
Um belo dia, resolveram o problema! Alegria!!! Até descobrirmos que remendaram o fundo do tanque e retiraram o sensor.
Resultado... pode secar o tanque que não aparece mais o alerta. (o que já aconteceu)
Em seguida começaram a surgir bolhas na pintura dos parachoques (originais de fábrica) que quando tomam chuva ou são lavados começam a descascar.
Além disso, nos últimos tempos o PALIO está sentimental e dependendo da hora ele insiste em não dar partida. E não é problema de bateria (trocada conforme manda o manual) nem de sistema elétrico que já foi revisado todas as vezes que levamos para oficinas mecânicas e elétricas, quando o carro não quer funcionar.
Quanto aos parachoques, que vergonhosamente descascam, passando a impressão de que a proprietária ou é desleixada ou teria comprado parachoques pretos e mandado pintar com latinha de spray, para se passar por "gente rica", descobri que TODOS os veículos da série "30 anos" apresentam o mesmo problema, conforme pode ser comprovado nas fotos abaixo, tiradas dos veículos nas ruas.
Além disso descobri que a causa desse descascamento é a ausência de aplicação de "PRIME" antes da aplicação da pintura.







Que bonito ein?
Advinha qual marca está, hoje, fora da lista de opções para a compra em janeiro de um veículo Zero Km. Aliás, um veículo que não é um "entry level" da marca.
Se a intenção da FIAT, quando decidiu não aplicar o "PRIME" nos veículos comemorativos foi de destruir a imagem criada ao longo dos 30 anos no Brasil, parabéns!
Conseguiram!

Opa! Opa! Opa!
Chegaram mais fotos de Palios série 30 Anos de arrependimento!
Confira:

O proprietário até deu uma retocada, no parachoque do carro acima, pra não ficar pagando muito mico!



Já encontrei inúmeros outros veículos da mesma série com problemas semelhantes, inclusive uma Palio WeekWend, entretanto, não pude fotografar estes veículos.