21 de mar de 2010

Enterrando a criatividade dos nossos filhos


Se por um lado, temos os fabricantes de brinquedos produzindo carrinhos caracterizados igual a, cada cena de um desenho e, assim, temos para o mesmo personagem até 20 carrinhos, levemente modificados:
com farol aberto,
farol piscando,
paralama torto,
paralama sorrindo,
carrinho limpo,
carrinho com barro
Estes fabricantes fazem isso visando apenas, novas maneiras de aumentarem seus lucros.

Por outro lado, temos nós, os pais, colaborando para a destruição da criatividade do nossos filhos, comprando cada carrinho lançado.

Devíamos incentivar a criatividade dos filhos, comprando apenas um carrinho e ensinando eles a brincarem de faz de conta...
Quantas vezes, você brincou com seu único carrinho, no meio de flocos de espuma das almofadas da casa de seus pais ou avós, como se fossem rochas e lama de uma grande aventura!

Ou até mesmo incentivar a criarem as situações das brincadeiras.

Nunca levou seu carrinho para brincar na lama do quintal ou da calçada?
Não lembra que um dia colocou seu carrinho na saída da calha de água para brincar de inundação ou correnteza?

Ainda da tempo de corrigir isso!
Neste domingo, pegue um carrinho para você e um para o seu filho e leve ele para brincar na areia do parque mais próximo.
Ensine ele, a ser criativo... desperte nele, o dom de imaginar!