29 de dez de 2008

Perfume Cuba muda embalagem e nome


O mundo está mudando!
Muitas empresas estão reposicionando sua marca, para se enquadrarem nos novos tempos do "socialmente correto", do "ecológicamente correto" e etc.
Isso já aconteceu com vários produtos, como o caso do "lapisinho de chocolate" PAN, que segundo minha mãe éra no passado "cigarrinhos de chocolate" e tinha foto de menino "fumando" o cigarrinho de chocolate.
Agora lí uma noticia que achei interessante!
Pelo que lí os perfumes Cuba estão mudando a embalagem que éra imitação de um charuto, para algo que não é proíbido.
Olhe a foto... compare, acho que ficou bem mais legal, mesmo.
O Nome, é claro tambem mudou, poís segundo informações o nome "Cuba" não tem mais aquele charme...
Agora os perfumes vão se chamar "Ô Bacú!"

Confira:
As antigas e "Démodés" embalagens


E as modernas e não descartáveis embalagens!
Quem experimentou, gostou!

15 de dez de 2008

Net: Roubando pirulito de crianças e enganando velhinhas.



Minha mãe contratou a NET.
Comprou um pacote de serviços, poís, o "moço" da NETdisse que ela podia ligar pra ele de volta, para reclamar caso o serviço não fosse melhor que o da Telefônica.
Ela comprou um pacote de canais de TV, linha de telefone e internet com 1Mb de velocidade.
O "moço" foi muito gentil, inclusive ligou várias vezes preocupado em saber se ela ia ficar com o pacote "promocional especial para a cidade dela" poís ele ia acabar e ai ela teria que pagar o preço normal.
Nos primeiros dias o acesso a internet caia a toda hora, ficando por horas, inativo.
Agora depois de mais de um mês o acesso a internet "normalizou" sim... ficou bem estável, poís está trafegando a uma média de 170Kb de Download e 190Kb de upload.
Isso sem falar que não é possível abrir mais de uma página ao mesmo tempo, poís, dá "acesso negado".
É! Os tempos mudam, e os golpistas se profissionalizam. Ganham CNPJ, Inscr. Estadual etc etc.
Aplicam seus golpes dentro da lei e assim tudo fica legalizado.
Enquanto isso, tadinha da minha mãe... está presa a um contrato de 12 meses com a Net.
É fácil vender pacote de serviços complexos para pessoas simples.
Frases como: "Este é o melhor!", "Todo mundo está comprando deste!", "Este seus filho vão adorar!", e a principal "Vai ser muito útil para o sucesso de seus filhos!" continuam fazendo muito efeito e induzindo compras, com a vantagem de nem precisar por vendedor "PaP" atrás do cliente.
No passado já aplicaram o golpe de "vender gato por lebre"
Hoje aplicam o golpe de "vender acesso supercompartilhado por banda larga"
E no futuro qual será o golpe?

Obs.:
1) Antes ela navegava a 600kbps na Telefônica
2) NET = Nós Entendemos de Tapiar.
3) Consegui publicar este post, porque neste momento o acesso está com espetáculares 388Kb de download e 205kbps de upload.


Episódio 1

Apisódio 1

A primeira conta não foi enviada. Mesmo com insistentes contatos por telefone, não enviaram 2a. via. Provavelmente para passar o prazo para minha mãe reclamar do serviço.


Episódio 2
Após a reclamação da velocidade, na central, eles deram uma "degustação" de 1 ano com 6Mb, para calar a boca da cliente.
Claro que com isso o acesso passou para a média de 400kb.


Episódio 3
Chegou a conta e a promessa éra de um pacote completo por R$ 29,90 por mês.
Valor da Conta cobrada, R$ 420,00, mesmo se considerar que é somatória de 2 meses, está muito acima do prometido.
Além de valores superfaturados, tem ligações locais cobradas como ligações interurbanas.

A saga continua...

9 de dez de 2008

Andando na lua


No Johnson Space Center, em Houston (EUA), já estão sendo testados os veículos que transportarão os astronautas na próxima missão de exploração lunar, que deve acontecer em 2020.
Interessante notícia!!!
Vejamos os fatos:
1) Mais de uma década para testar e desenvolver um carro lunar.
2) Retorno à lua somente em 2020.

Não sei para quê tanto gasto em dinheiro e tanto tempo se, de acordo com o governo americano, já fomos à lua. E pelas imagens, foi tão fácil ir à lua na década de 60.
Passeavamos saltitantes pelo solo lunar e davamos "rolê" de jipe, sem qualquer complicação.


Hoje tenho uma opinião bem diferente da que tinha quando criança, sobre a chegada do homem à lua. E passei a entender, porque os astronautas, ficavam loucos, doentes, reclusos ou viravam pastores de igreja.


Olhe essa foto:

É o pessoal da Apollo 16 dando um "oizinho" para nós leitores!

Em tempo: Durante as comemorações dos 40 anos da chegado do homem à lua, a NASA informou que "perdeu" as gravações originais e por este motivo, restaurou as imagens capturadas pelas redes de TV!

Em tempo 2: Em matéria de Paula Rothman, publicada na "INFO Online" de hoje, sexta-feira, 28 de agosto de 2009 às 16h39, e intitulada "Quem falsificou a pedra lunar da Holanda?" É revelado que a pedra lunar, presenteada pela NASA, pelos astronautas da Apolo 11, ao governo Holandês em 1969, e atualmente exposta no "Museu Nacional Rijksmuseum" trata-se na verdade de um pedaço de madeira petrificada.
Confira no link: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/quem-falsificou-a-pedra-lunar-da-holanda-28082009-32.shl

6 de dez de 2008

Se beber não dirija + Se o motorista beber, não aceite carona


Estava eu parado na porta do Shopping Jaraguá de Araraquara.
Havia saido da sessão de cinema e esperava meu irmão me buscar de carro.
Notei que um rapaz, saia com dois capacetes presos ao cotovelo, enquanto segurava uma garrafa "long neck" de cerveja, na outra mão.
Lá mesmo, bem em frente de todos, como que para mostrar seu "poder" ou que é o "bonzão" ele terminou de tomar os últimos goles e sua namorada indicou aonde estava o lixo para ele jogar a garrafa, em seguida, cada um vestiu um capacete, subiram na moto e seguiram caminho.
As estastícas demonstram que o número de acidentes motivados pelo uso de alcóol no trânsito diminuiu bastante.
Também é fato que boa parte da população aderiu ao uso do "motorista da vez" para poder ter um grupo que possa curtir as festas.
Porém, podemos notar que tem os que por um motivo ou mesmo uma hora ou outra, bebe e dirigi carro ou pilota moto.
Acho que uma boa medida para reduzir o número de vítimas nesses casos é a criação da campanha "Se o motorista beber, não aceite carona!".
Namoradas, não aceitem voltar para a casa com namorados alcoolizados. Valendo o mesmo para os namorados.
Amigos, não voltem para casa com o amigo que bebeu além da conta.
Não vale dizer que é quando bebem que mais precisam de companhia... não.. Isso é balela!
Garanto que aquele que bebeu e voltou sózinho, por PURA TEIMOSIA em não aceitar que alguém sóbrio dirigisse, vai pensar duas vezes na próxima vez, antes de beber e por em risco a vida de pessoas queridas.
Se você acha triste e frio a adoção dessa medida, é porque nunca viu, pessoas que não tinham bebido, morrerem em acidente de trânsito, por estarem no carro ou moto de quem bebeu.
E isso eu ví! E o pior, não consegui salvá-la!

Portanto, "Se o motorista beber, não aceite carona!".

5 de dez de 2008

Uvas tardias


Assim como a colheita tardia de uvas, em época de estiagem pode gerar um excelente vinho.
Um profissional pode se tornar um exemplo de sucesso, após os 40 anos.


São inúmeros os casos famosos de pessoas que conseguiram o sucesso quando já eram considerados "velhos demais" para a atividade...
Cito como exemplos os casos:
- Tina Turner, que depois de anos afastada do sucesso, tornou-se a maior cantora negra da atualidade. (Saiba mais com o filme: Tina - A Verdadeira História de Tina Turner - What's Love Got to Do with It)
- Burt Munro, cujo recorde de velocidade com uma moto Indian (1967) até hoje não foi quebrado. (Saiba mais com o filme: Desafiando os Limites - The World''s Fastest Indian)

Cito um caso mais espetacular, de quem além do preconceito da idade venceu uma limitação física:
- Maestro João Carlos Martins, que impossibilitado de tocar, aprendeu a reger. (Saiba mais em http://pt.wikipedia.org/wiki/João_Carlos_Martins)


O mais curioso é que o preconceito parte na maioria das vezes, de pessoas de mesma faixa etária ou até mais velhas.
Talvez movidas pela "dorzinha de cotovelo" ou por limitações próprias, acabam manifestando que não confiam em outras uvas de mesma safra.
Não podemos continuar, deixando de lado esses talentos, como quem abandona na videira, as mais doces uvas.

Creme de Papaia com Licor de Cássis


Quer aterrorizar o Habibs?
Peça Creme de Papaia com Licor de Cássis

Vai ver a equipe toda, sofrendo para descongelar e bater o creme.
Levam uns 20 minutos, no mínimo, para preparar e isso com ajuda e palpite de todos, cozinheiros, bartenders, garçons, maitres e gerente.

Já enfiarem de tudo dentro do liquidificador, para ajudar a dissolver mais rápido o gelo.
Colher de plástico, licor, agua quente, sorvete, colher de metal, socador de caipirinha.
Inclusive, já recebi uma taça em que o "creme de papaya" estava com "flocos plásticos" da colher usada pra empurrar a pedra de gelo, nas lâminas do liquidificador.

Portanto a sugestão para os proprietários de restaurantes é:
Só coloque no cardápio, sobremesas que seu pessoal estará treinado para preparar.
Não adianta querer por no cardápio uma sobremesa, só porque é a sobremesa da moda.

Nota.: Se o que éra um creme de papaya levou uma hora para congelar... como pretende descongelá-lo e deixá-lo cremoso em apenas 10 minutos?