29 de mar de 2008

O valor da amizade


Antes de começar a escrever sobre o tema, fiz uma pesquisa na internet com a expressão "amizade".
Pesquisei imagens ligadas ao tema e... confirmei o que estava temeroso em comprovar.
Amizade, amizade mesmo... sincera, despretensiosa, saudável é uma utopia.
É algo com o que sonhamos, algo que buscamos, mas, não encontramos. Tanto é assim que, nas imagens pesquisadas, só encontrei fotos de crianças e de desenhos de bichinhos amigos... nenhuma foto de adultos próximos.
O que vemos por ai, sendo chamado de "amizade" é camaradagem entre pessoas de um mesmo grupo. Assim, se estamos bem financeiramente e nossos camaradas também, nos afirmamos "amigos".
Porém, logo que alguem nessse grupo, começa a se destoar dos demais por qualquer problema que esteja enfrentando, os "amigos" vão se afastando...
Algumas vezes, de caso pensado, como no momento em que pensa:
- "Se eu me encontrar com ele, vai acabar pedindo dinheiro pra mim. " ou
- "Se eu ficar perto dele, vai acabar sobrando problema para mim."
Em outros momentos, se afastam, sem medir os seus atos. Como no momento em que pensa:
- "Não tenho tempo para me envolver com problemas dos outros!"
Será que realmente, não temos "tempo" para nos envolvermos?
Não temos tempo para vivermos? Poís, essa é a vida! Estamos aqui para muito mais do que tomarmos vinho ou sorvete.
Vida vivida somente com momentos bons, não é vida real e sim, fantasia, devaneio, sonho!
Qual será o verdadeiro valor da amizade? Por onde andam os amigos sinceros?
Como será belo o mundo, quando o amigo mais abastado, decidir comer cachorro quente, para poder ter a companhia de seu amigo menos afortunado!
Gosto de pensar que estamos em constante evolução... o que me dá esperanças de um dia, ver muito mais amigos fiéis e unidos, seja no momento de alegria, seja no momento de "turbulência" de algum deles.